Como as actividades de Team Building diminuem os problemas em equipas com diferenças de idade?

  1. actividades de team building artigo age gap

Depois de quase 3 décadas a fazer actividades de Team Building, nós, na Team Dynamics, verificamos que a diferença de idades nos escritórios em países ocidentais tem vindo a aumentar nos últimos anos. Desta forma, os requisitos dos nossos clientes para motivar suas equipes também têm sofrido alterações. Em qualquer mercado, actualmente, trabalhamos com diferentes gerações. Por um lado, ainda há os Baby Boomers (com idades entre 51 e 69 anos), ainda extremamente saudáveis ​​e produtivos, e onde a reforma não lhes passa pela cabeça. Por outro lado, existem os chamados Millennials (com idades entre 23 e 38 anos). Brevemente, esta geração será a maioria da força de trabalho, ou já a é em alguns países. Isso sem contar com a Geração Z que começa da dar os seus primeiros passos de entrada no mercado de trabalho.

Mas há muito mais do que apenas a diferença de idade. Nunca na história da humanidade, testemunhámos este ritmo de desenvolvimento tecnológico e científico. A diferença é muito mais do que apenas um número. Todas estas gerações têm diferentes culturas, motivações, hábitos de trabalho e impulsos.

Como é que as empresas podem lidar com isto e, mais importante, continuar no topo do jogo em termos de produtividade?

A produtividade diminui com a idade?

A suposição de que a produtividade diminui com a idade está factualmente errada, como mostram muitas pesquisas e estudos em países industrializados.

No entanto, há, é claro, grandes diferenças de produtividade entre os membros de grupos de pessoas mais velhas. Mas isto também é verdade para os trabalhadores mais jovens. Para colocá-lo cientificamente, a variância dentro de cada faixa etária é significativamente maior do que a variância entre faixas etárias.

Então, se os dados empíricos não mostram que, apesar dos hábitos de trabalho, cultura e diferenças, não há diferenças de produtividade, o que é melhor para a sua equipe: um ambiente com várias faixas etárias ou uma equipe de geração única?

Devemos ter equipas de apenas uma faixa etária?

Vamos inverter esta questão da seguinte forma: os seus clientes são apenas de uma faixa etária?

Caso não o sejam, então como é que a força de trabalho da sua empresa deverá ser?

A idade é um dos factores chave para ter uma equipe verdadeiramente diversificada. Ao contratar, lembre-se de que ter uma equipe diversificada, não apenas de idade, é crucial porque irá receber ideias, conhecimento e capacidades diferentes. Ao criar um ambiente que inclui a várias idades diferentes, os gestores têm equipes que criam soluções que se adaptam melhor a uma ampla gama de clientes e consumidores.

Comportamento em diferentes faixas etárias

Não adianta negar que existem estereótipos criados para cada faixa etária. Mas também vale a pena lembrar que estes estereótipos baseados na idade funcionam nos dois sentidos.

Os jovens geralmente têm a ideia de que os “mais velhos” não tem entusiasmo e dedicação a um projeto. Que estão apenas a contar os dias até a reforma ou/e que não se adaptam às novas formas de trabalhar e tecnologia. Mas o inverso também acontece. Muitas vezes ouvimos os funcionários mais antigos presumir que chefes ou colegas de trabalho não têm experiência. Ao mesmo tempo tentam dar-lhes “lições” sobre como as coisas foram feitas no passado e como devem ser feitas agora. Na verdade, um colaborador, não importa quão jovem seja, pode ter mais conhecimento do que os funcionários mais velhos sobre certas coisas.

Assim, mudar a forma como vemos nossos colegas de trabalho, transferindo-os do ponto de vista estereotipado para uma ligação mais pessoal, é um dos principais objetivos das nossas actividades de Team Building.

Além disso, a partilha de informações é uma rua com dois sentidos.  Não só devemos respeitar as vantagens de cada faixa etária, como devemos criar bons canais de comunicação entre eles.

Como misturar água e azeite? Ou, como gerir equipas com pessoas com idades diferentes?

Actualmente, para muitos departamentos de RH, a diferença de idades nas suas empresas é a preocupação número um.

“Como fazer os colaboradores trabalharem juntos para o mesmo objetivo da empresa, em vez de competirem pela melhor maneira de chegar lá.”

No mundo da culinária é possível misturar água e azeite. Basta adicionar um ovo e alguns outros temperos para criarmos uma maionese deliciosa.

Explicando melhor esta metáfora gastronómica, o Team Building é o ovo que ajuda a comunicação, a camaradagem e a união de todas as gerações da cada equipe. E, para explicar esta metáfora ainda melhor, a Team Dynamics é o tempero que torna a maionese deliciosa. Porquê comer uma maionese sem sabor se pode ter a melhor de todas?

Mas divagamos…

O Team Building oferece muitas actividades interessantes e divertidas para equipas de diferentes gerações, de forma a que os seus membros se conheçam e comuniquem melhor. O gestor, como líder, precisa que cada colaborador da sua equipe multi-geracional saiba como cada pessoa pensa, para ajudá-los a respeitar as diferenças e, melhor ainda: fazer com que aprendam abraçar as diferenças. No final, é muito importante incentivá-los a celebrar juntos os seus sucessos partilhados!

A diversidade de idade nas equipes pode criar melhores resultados e mais produtividade. Mas não é fácil conseguir isto. Hoje em dia, conseguimos verificar esse aumento de produtividade nos nossos locais de trabalho?

Se não, a forma de alcançar este objectivo é através dos gestores proporcionarem Team Building inter-geracional. Para maximizar o valor que possa ser gerado destas diferenças geracionais é preciso perceber o potencial de sucesso quando juntamos a experiência e o conhecimento com a inovação e o impulso da juventude.

Conclusão

A diferença de idade nas empresas não é um meramente um problema actual com o qual os departamentos de RH precisam se preocupar. É uma conjuntura real que irá propagar-se no futuro. As mudanças demográficas previsíveis criarão uma população activa envelhecida e sobretudo cada vez mais diversificada.

As empresas, para se adaptarem, terão de aproveitar da melhor forma a experiência dos trabalhadores mais velhos, cujos números aumentarão continuamente. Por sua vez, esses trabalhadores mais velhos precisam acompanhar os novos desenvolvimentos tecnológicos e científicos para continuar a ser produtivos.

Novas empresas que não têm, ou têm muito poucos, trabalhadores mais velhos nas suas folhas de pagamento vão tê-los no futuro. É a lei da vida. Nós, Team Builders, só precisamos encontrar maneiras de manter as equipes produtivas, felizes e motivadas.

Se ao menos houvesse algo que pudesse fazer isso? Se calhar existe! É aqui que os bons gestores juntam o ovo à receita: Actividades de Team Building bem escolhidas!

Posted in: